Notícias

09/08/2018

Mesa debate crise nas universidades públicas

Mesa e debateu crise nas universidades públicas na manhã desta quinta-feira (09/08)
Mesa e debateu crise nas universidades públicas na manhã desta quinta-feira (09/08)

A manhã do segundo dia do 8º Congresso do Sintufal, nesta quinta-feira (10/08), foi palco de uma mesa sobre “A crise nas Universidades Públicas”. O debate foi coordenado por Aldianne Tenório (Campus Arapiraca/Ufal) e contou com exposições do técnico Luís Antônio (UFES) e do professor Lucas Gama (Campus Sertão/Ufal).   

Os dois expositores fizeram questão de ressaltar a constante crise em que vivem, ao longo dos anos, as Universidades Públicas e o do desmonte de suas estruturas que avança em paralelo com uma mercantilização do setor, através da educação privada. Destacaram que esse processo avança desde a década de 90, seguindo política do Banco Mundial.

Para os dois palestrantes, o processo de desmonte do setor público de educação e o crescente progresso da oferta privada se aprofundaram com o golpe de 2016 que derrubou o governo Dilma Rousseff, lembrando que esse processo já havia começado durante o governo da própria Dilma antes de seu impeachment.

Na verdade, os expositores defendem que existe uma crise de projeto para Universidade Pública, pois o modelo atual só interessa ao capital financeiro internacional e seus representantes no Brasil. Trata-se de uma situação de colapso motivada para impor a cobrança de mensalidades na educação pública.

Depois das apresentações foi aberto o debate entre os presentes, garantindo participação de todos para perguntas e exposições de ideias.