Notícias

08/07/2019

Em defesa dos jornalistas e em repúdio à OAM

Arte: Sintufal
Arte: Sintufal

O Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal) vem a público manifestar irrestrita solidariedade aos 15 jornalistas demitidos pela Organização Arnon de Mello (OAM) e, também, ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Alagoas (Sindjornal), uma vez que tal ato praticado pela citada organização atenta contra o direito de greve e, também, à liberdade sindical.

Os profissionais citados atuavam na TV Gazeta e TV Mar - ambas integram os veículos de comunicação da OAM - e foram dispensados logo após retornarem da greve geral, que durou nove dias, contra a redução de 40% do piso salarial da categoria.

O Sintufal espera e confia que todos aqueles que foram desligados das citadas empresas sejam reintegrados, uma vez que já há notificação recomendatória do Ministério Público do Trabalho (MPT) que, caso não seja cumprida até esta segunda-feira, dia 08 de julho, pode acarretar em  medidas administrativas e judiciais cabíveis.

O Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas reafirma sua solidariedade ao Sindjornal e a cada jornalista que esteve lutando, de forma aguerrida, pela manutenção do piso salarial para todos os jornalistas do Estado e, consequentemente, por melhores condições de vida e de trabalho.