Notícias

05/10/2018

Sintufal realiza atividades durante dia de paralisação nacional

Manifestação foi realizada em frente ao prédio da Reitoria
Manifestação foi realizada em frente ao prédio da Reitoria

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) foi palco de uma manifestação tendo como pautas principais os ataques aos órgãos de controle e em defesa do reposicionamento dos aposentados, na última quarta-feira (03). A atividade foi organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal) e também fez parte do dia de paralisação nacional.

Os servidores reuniram-se na entrada da universidade no início da manhã para chamar atenção do público ao desmonte do Estado através da Emenda Constitucional (EC) 95, que congela os gastos públicos federais, aprovada pelo governo ilegítimo de Michel Temer.

Recentemente também foi editada a Instrução Normativa no 02, que tenta impor retrocessos no direito às 30 horas e no registro de frequência. Para aprovar em lei todos seus ataques, como o caso das terceirizações nas atividades fins, Temer mantém as relações com o STF fazendo acordos como o aumento do salário dos ministros do Supremo em 16,38% em troca do auxílio moradia. Já para o conjunto dos servidores mantém o congelamento salarial.

O Sindicato também propôs discussão sobre como a Advocacia Geral da União (AGU) e a Corregedoria Geral da União (CGU) estão sendo utilizados pelo atual governo a fim de reduzirem os espaços democráticos e os direitos dos servidores públicos.

Esses órgãos, orientados pela ótica do programa golpista de entrega do patrimônio público, têm atuado contra a autonomia universitária e tentado impor retrocessos por via administrativa. Diante disso, é necessário cada vez mais união e luta em defesa do modelo de universidade pública, estatal, gratuita e socialmente referenciada.

Os assuntos também foram debatidos em uma tenda colocada em frente ao prédio onde fica a Reitoria da Ufal. O momento também foi de os servidores colocarem seus pontos de vista sobre os temas, bem como discutir demandas ligadas ao Sintufal e esclarecer dúvidas gerais.