Notícias

22/11/2018

Sintufal leva reflexão sobre racismo em atividade do Dia da Consciência Negra

"Novembro de resistência, consciência e luta!” é a temática das atividades realizadas pelo Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal) em alusão ao Dia da Consciência Negra. As ações iniciaram nesta quinta-feira (22), no Hall da Reitoria da Ufal. 

A abertura do evento, organizado pela Coordenação de Direitos Humanos, Gênero, Raça e Etnia do Sintufal, foi realizada, em grande estilo, pela artista alagoana Mel Nascimento, com bastante carisma e canções temáticas. 

Em seguida, a profª. Drª do curso de Serviço Social da Ufal, Marli de Araújo Santos, trouxe reflexões sobre a representatividade negra nos diversos meios sociais e acadêmicos e a institucionalização do racismo. 

“O racismo é intrínseco na formação cultural, social e econômica brasileira. Ele é insuperável no País porque o Brasil nega que é racista”, afirma a doutora. Para ela, apesar de não haver forma de superar o racismo, é importante que a sociedade aprenda a se posicionar contra estes casos. 

No próximo sábado (24), acontece a visita cultural a Serra da Barriga, terra de Zumbi dos Palmares. A concentração será na Reitoria da Ufal, a partir de 8h. As inscrições podem ser feitas clicando aqui  até às 12h desta sexta-feira (23).