Notícias

04/10/2019

Sintufal participa de ato em defesa da educação

Integrantes do Sintufal no ato em defesa da educação. Foto: Aleck Lima
Integrantes do Sintufal no ato em defesa da educação. Foto: Aleck Lima

Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal) participou, nesta quinta-feira, dia 03 de outubro, em Maceió, de mais um ato em defesa da educação e da soberania nacional. A manifestação reuniu sindicatos, Central Única dos Trabalhadores (CUT), segmentos sociais e a população em geral. Ao todo, foram cerca de 2 mil pessoas envolvidas em mais um momento de luta da população.

De acordo com Paulo Jorge, um dos coordenadores gerais do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sindufal), os atos realizados na quarta-feira, dia 2, no interior da universidade e este ato em praça pública e nas ruas de Maceió expressam toda a importância da autonomia da educação pública e evidencia os malefícios que uma adesão ao programa Future-se pode trazer.

Segundo ele, “Com o Future-se o Estado deixa de ter anuência e obrigação de bancar seus servidores e isso fará com que dependamos de empresas privadas. Com o passar do tempo, as universidades não poderão andar com os próprios pés e se tornarão privatizadas, isso é retroceder”, frisou Paulo.

O coordenador destacou também que o nosso interesse é mostrar que não estamos dormindo num berço esplêndido. “Não aceitamos a forma como o governo está tratando as universidades. Queremos viabilizar melhorias dentro do campus, com o acompanhamento do Estado. Nós não aprovamos esse programa e essa é a nossa luta”, enfatiza Paulo Jorge.

A paralisação concentrou os participantes na Praça do Centenário, em Maceió, e, na sequência, seguiu em caminhada até o Cento de Maceio. Faixas, cartazes e bandeiras dos vários movimentos participantes traziam inúmeras reclamações, principalmente, contra os atos do governo federal.

Retrospecto As atividades tiveram início, nesta quinta-feira, dia 3 de outubro, às 7h da manhã, no hall do Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes (HU). Lá, foi servido um café da manhã e as entidades puderam realizam um bate papo e, também, uma panfletagem convidando os participantes para o ato público.

Na quarta-feira, dia 2, também houve um café da manhã, na Praça da Paz, na Ufal, em frente ao CEDU. As atividades dos cafés da manhã contaram com o apoio logístico do Sindicato dos Trabalhadores da Ufal (Sintufal), Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas (Adufal) e o Diretório Central dos Estudantes (DCE – Quilombo dos Palmares).