Notícias

Sintufal defende a luta diária contra os assédios moral e sexual

Entidade dos Trabalhadores da Ufal repudia a violência, principalmente no ambiente de trabalho. Arte: Sintufal
Entidade dos Trabalhadores da Ufal repudia a violência, principalmente no ambiente de trabalho. Arte: Sintufal

O dia 17 de outubro é a data Nacional de Combate aos Assédios Sexual e Moral nas Universidades, Institutos Federais e Cefet. O Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal) repudia toda a violência e, principalmente, no âmbito do trabalho. Por isso, defende relações de trabalho saudáveis, pautadas pelo respeito e, também, pela ética. 

A entidade representante dos trabalhadores da Ufal tem procurado combater todo e qualquer processo de trabalho que traga consequências nocivas para a vida do trabalhador, para sua saúde mental e física. Recentemente, participamos de uma audiência, no Ministério Público do Trabalho (MPT), que apura casos de assédio moral no âmbito da Ufal.  

Importante ressaltar que esse fato contribuiu no sentido da universidade acelerar esforços por ações mais concretas em relação ao tema, pois apesar de algumas boas iniciativas como a cartilha de Combate ao Assédio Moral e Sexual – lançada final do ano passado – até então faltava uma regulamentação a respeito.

Após debates e entendimentos entre a comunidade acadêmica, envolvendo os setores que buscam o combate às diversas formas de assédio e as entidades – entre elas o Sintufal – no âmbito da Câmara Administrativa do Conselho Universitário (Consuni) – fechou-se uma minuta de resolução que, em breve, deverá ser levada ao pleno do conselho para regulamentar, de fato, os procedimentos a serem adotados nos casos de assédio moral, sexual e outras formas de preconceito no âmbito da Ufal.

Entre os avanços trazidos pela resolução está a indicação de equipes (subcomissões) entre as várias Unidades de Ensino (UE) e Campi que possam auxiliar no enfrentamento local a essa infame prática que insiste em existir nos ambientes de trabalho. Caso tenha alguma denúncia não hesite em procurar o Sintufal.

Assédio Moral - O assédio moral é caracterizado por atos que, repetidos com regularidade, transformam o dia a dia do empregado em algo insustentável no trabalho e pode provocar danos psicológicos e até físicos, como doenças, devido ao estresse causado pelo assédio. As denúncias sobre assédio moral para o Ministério Público do Trabalho em Alagoas podem ser feitas por meio do link https://peticionamento.prt19.mpt.mp.br/denuncia#