Notícias

O dia 20 de novembro representa a luta por uma sociedade mais igualitária, justa e sem preconceitos

Arte:Ascom/Sintufal

Nesta sexta-feira, dia 20 de Novembro, o Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal) defende e referenda o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra como forma de reforçar a luta contra a discriminação racial e de refletir sobre a contribuição do povo afro-brasileiro para o Brasil.

O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra foi instituído, oficialmente, pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. A data faz referência à morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares – situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, na Região Nordeste do Brasil.

Para o coordenador de comunicação do Sintufal, jornalista Ricardo José Oliveira Ferro (Moresi), o Dia 20 de novembro representa um dia de luta por uma sociedade mais igualitária, justa e sem preconceitos. “Trata-se de uma vitória importante para a população negra no Brasil. A data nos leva a refletir sobre a importância da etnia na história e da luta contra o racismo no Brasil”, frisa o coordenador.

Zumbi – líder do Quilombo dos Palmares – foi morto em 1695, na referida data, por bandeirantes liderados por Domingos Jorge Velho. Atualmente, existe uma série de estudos que procuram reconstituir a biografia desse importante personagem da resistência à escravidão no Brasil.

Viva o Dia da Consciência Negra!

#sintufal #sindicato #sindicatodostrabalhadores #universidadefederaldealagoas #ufal #brasil #maceio #alagoas #novembro #luta #negro #consciencianegra

Ícone facebook
Ícone twitter
Ícone whatsapp
Ícone email
Ícone impressora