Notícias

Assembleia unificada rejeita corte de verbas na Ufal

Assembleia unificada lotou hall da reitoria
Assembleia unificada lotou hall da reitoria

Na tarde desta quinta-feira (09/05) o hall da reitoria da Ufal, Campus A.C. Simões, foi palco de uma assembleia unificada, promovida pelo Sintufal, Adufal e DCE, que já entra para história da luta em defesa da Educação Pública. O encontro serviu para repudiar o corte de verbas, anunciados pelo governo de Jair Bolsonaro, para o ensino superior e unificar luta de técnicos, professores e estudantes.

Diante de um pátio lotado, lideranças universitárias apresentaram propostas e iniciaram organização da resistência que começa com adesão à greve nacional da educação, marcada para próximo dia 15, junto com outros trabalhadores do setor de Educação. A mobilização da próxima quarta-feira (15) acontece, a partir das 9h, em frente ao Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa).  

A todo o momento, os presentes a assembleia unificada gritavam palavras de ordem contra o governo de Bolsonaro e sua política de retrocesso. A assembleia marcada, inicialmente, para o auditório da reitoria, teve que ser transferida para o hall do prédio diante do grande público que compareceu.

Ao final do encontro foi definido um calendário de mobilização e uma reunião de organização da luta unificada foi marcada para tratar dos encaminhamentos práticos, reunindo representações dos técnicos, professores e estudantes. Houve ainda uma caminhada, depois da assembleia, pelo Campus AC Simões até o restaurante universitário, como forma de convocar toda comunidade universitária a participar da luta em defesa da Ufal.