Notícias

30/05/2019

Sintufal convoca seus filiados para participar de ato em defesa da educação pública brasileira

Convocação aos filiados do Sintufal
Convocação aos filiados do Sintufal

Chegamos ao dia 30 de maio de 2019 e estamos indo as ruas de Alagoas e do Brasil para manter um direito que nos é assegurado pela Constituição de 1988 e que está preconizado no artigo 205 da nossa Carta Magna, ou seja, a educação é um direito de todos e um dever do Estado. Logo, a educação precisa ser promovida, carece ser incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o mundo do trabalho. O atual governo federal faz questão de evidenciar que a educação pública é sua inimiga e vem, sistematicamente, promovendo medidas no sentido de tornar as instituições de ensino cada vez mais sufocadas.

Nós – enquanto representação dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas – entendemos que o bloqueio de 30% das verbas de todas as universidades e institutos federais, imposto pelo Ministério da Educação (MEC), no último dia 30 de abril de 2019, logo após as ações contrárias ao contingenciamento de verbas da Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA), é uma idiossincrasia hostil e representa uma afronta a todas as áreas do conhecimento.

A cada dia esse governo evidencia seus propósitos nefastos que visam, prioritariamente, à promoção da decadência cultural, tecnológica e científica e, consequentemente, pretendem trazer estragos para educação pública, gratuita e qualidade e, também, para o bem-estar do povo brasileiro. A Nova Gestão do Sintufal se solidariza com cada educador que realiza o ensino, a pesquisa e a extensão nas universidades brasileiras e repudia mais esse ataque às Instituições de Ensino Superior. Ao mesmo tempo, convoca toda a base da nossa categoria para nos mantermos firmes e em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade no país.

Carecemos estar unidos, fazer a luta justa e honesta, centrada na conscientização da nossa base. É imprescindível ter clareza de que não há saída fácil para nossa situação. Então, vamos criar mais unidade e resistência como uma saída possível para a encruzilhada em que estamos atravessando. É imprescindível estar unidos e ter possibilidade de articulação política capaz de gerar alianças, mesmo que pontuais, mas que possam afrontar o “inimigo” e garantir avanços diante desse momento de resistência.   

Devemos perceber que o fio que deve nos conduzir é a unidade. Portanto, queremos contar com a participação de cada servidor técnico-administrativo da Ufal no ato em favor da educação brasileira, nesta quinta-feira, 30 de maio de 2019, com concentração na Praça do Centenário, aqui em Maceió. Precisamos da sua voz, da sua energia e da sua incansável disposição para vencermos a política de desinvestimento que tem assolado de forma contundente a todas as instituições públicas de educação do país. Juntos nós somos mais fortes. Por isso, vamos unificar a luta e não aceitaremos nenhum direito a menos!