Notícias

Assembleia delibera sobre greve de 48h, elege delegados e decide sobre procedimento jurídico da URP celetista

Mesa conduzindo os trabalhos da assembleia hoje pela manhã. Foto: Ascom/Sintufal
Mesa conduzindo os trabalhos da assembleia hoje pela manhã. Foto: Ascom/Sintufal

Foi realizada, hoje cedo, no auditório da Reitoria do Campus A.C. Simões, uma assembleia do Sindicato dos Trabalhadores na Universidade Federal de Alagoas (Sintufal) onde foram eleitos Sonia de Lima Santos e Reinaldo de Lima Oliveira Júnior para representar Alagoas na Plenária da Fasubra. Ao todo, foram 56 votos. Sendo 33 para a chapa 1, 22 votos para chapa 2 e 1 voto nulo.

Os delegados eleitos irão representar a base de Alagoas durante a Plenária Nacional da Fasubra, no período de 6 a 8 dezembro, que vai discutir sobre a conjuntura nacional por meio de um debate sobre as propostas de reformas do governo. Além disso, haverá também um seminário focado na temática LGBTI e informes.

Ficou deliberado também durante a assembleia que os técnico-administrativos em educação de Alagoas irão paralisar as atividades, na próxima terça-feira e quarta-feira, respectivamente, nos dias 26 e 27 de novembro, durante a Greve Nacional de 48h contra as reformas do governo e o desmonte do Estado. O procedimento dos técnicos da Ufal seguirá a orientação repassada pela Fasubra.

Outro ponto decidido foi quanto à ação dos 205 servidores atingidos pelo corte da URP Celetista (Grupo I). A assembleia deliberou que o Sintufal irá pagar 50% do valor do embate judicial, que é de R$ 41 mil. Logo, os participantes decidiram que a entidade vai precisar pagar 20,5 mil e o restante será custeado pelos servidores prejudicados pela supressão da citada rubrica.

Ícone facebook
Ícone twitter
Ícone whatsapp
Ícone email
Ícone impressora